Sunday, October 22, 2006

Lettera amorosa



Respiro o teu corpo:
sabe a lua-de-água
ao amanhecer,
sabe a cal molhada,
sabe a luz mordida,
sabe a brisa nua,
ao sangue dos rios,
sabe a rosa louca,
ao cair da noite
sabe a pedra amarga,
sabe à minha boca.


Eugénio de Andrade

Labels: ,

4 moonlovers:

Blogger AMMedeiros said...

Maravilhosa combinação!!!
A complementaridade da imagem com o poema não podia resultar melhor!... Deslumbrante.
Eugénio de Andrade, o eu(génio) da poesia.

Um beijo

Sunday, October 22, 2006 8:21:00 pm  
Blogger Moonlover said...

Obrigada Ana ;) gostei do jogo o eu(génio)

Sunday, October 22, 2006 9:02:00 pm  
Blogger cavalo marinho com asas said...

"O teu corpo...
é a única via de acesso
á significação de tudo o resto."
Lanza Del Vasto

Sunday, October 29, 2006 2:03:00 am  
Blogger Moonlover said...

lindo minha Amiga! Obrigada :)

Sunday, October 29, 2006 2:06:00 am  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home