Sunday, November 26, 2006

A Ironia


E há uma espécie de coragem desesperada na lucidez e na recusa de amar.


Albert Camus

Labels: ,

4 moonlovers:

Anonymous Anonymous said...

A coragem desesperada terá um nome ligado a uma resposta ao medo em situação limite, sugiro "síndrome pós-cobardia".
: ))

Amemos...

Sunday, November 26, 2006 4:44:00 pm  
Blogger azzrael said...

Se o amor é a loucura sem visão e os humanos são seres de muito calculo... hm... cobardia, sim.

Tuesday, November 28, 2006 11:58:00 am  
Blogger cavalo marinho com asas said...

Que coragem é essa a de amar?! Que cobardes são os Homens que recusam amar ou pelo menos sentir... ("Ama-se como se morre! Sempre longe e sempre só!!!!")...

Wednesday, November 29, 2006 10:06:00 pm  
Blogger AMMedeiros said...

Camus, sempre difícil de entender.
Estou com ele, com Pessoa e com tantos outros... o amor que renuncia, é amor.

Um beijo

Thursday, November 30, 2006 12:05:00 pm  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home