Monday, June 12, 2006

Vislumbre!


pousado sobre a porta
um pássaro desconhecido e admirável
...na soleira a mancha vegetal de uma flor luminosa
...Onde quer que desfraldem o cântico sereno
rasgam densos limites entre o dia e a noite
Hoje, como nos dias idos dos meus começos, vêm-me abaixo os olhos de água...O vislumbre da liberdade interior, o toque do sagrado expresso nos actos e nos gestos...

do grande poeta caboverdiano,
Daniel Filipe

2 moonlovers:

Anonymous carla graca said...

...Os teus olhos são a minha via de acesso ao infinito!!!!
...Como sempre... fazes-me voar!!!
...Grande Moon, nunca deixes ofuscar a tua luz!!!!!

Monday, June 12, 2006 3:38:00 pm  
Blogger Moonlover said...

não, carla, já não vou deixar ofuscar a luz, porque esteve tapada durante 40 anos!!!!
um grande beijo na tua alma (como diria Fernando Girão)

Monday, June 12, 2006 6:01:00 pm  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home